EN
09/07/2018 - Fonte: O Globo | Barra | BR

Adesão dos cariocas atrai eventos

Além da existência de um enorme público potencial no Rio, a quantidade de espaços na Barra com a infraestrutura adequada para receber eventos dedicados aos games é vista pelos organizadores como parte fundamental do recente sucesso de grandes competições e feiras do gênero na cidade. Para Tatiana Zaccaro, da GL Events, a consolidação da Barra como um polo para esses eventos reproduz o que já acontece no segmento de cultura. - O Riocentro, por exemplo, oferece pavilhões climatizados e um pé-direito alto, que permite a construção de estruturas como a nossa Arena Gamer. Além disso, a Barra já recebe há anos os maiores eventos de entretenimento do Rio de Janeiro, como a Bienal do Livro e o Rock in Rio, e isso se repete na área de games - compara. Além das atrações ligadas aos jogos eletrônicos, o Geek & Game Rio Festival, no Riocentro, terá atividades para os fãs da cultura pop em geral. Para os que gostam de se fantasiar de super-heróis ou personagens icônicos do cinema, dos games e dos quadrinhos, o evento terá um concurso de cosplays. Haverá, ainda, oficina de quadrinhos para crianças, espaço para jogos de tabuleiro e palestras com atores internacionais. - O público está entendendo que o Geek & Game é um programa para o carioca, para todo mundo, para todos os gostos e todas as idades. Um das nossas principais atrações este ano será o espaço Little Heroes, dedicado à integração entre pais e filhos, com atrações criadas a partir da curadoria de psicopedagogos ligados à cultura pop explica Tatiana. Entre os destaques do Geek & Game estão os campeonatos de Overwatch, jogo de tiro e estratégia que se tornou febre mundial em 2016; e Hearthstone, jogo de cartas para smartphones e computadores inspirado em monstros e criaturas do World of Warcraft, um dos maiores sucessos do mundo dos games para computador entre o fim da década de 1990 e meados dos anos 2000. Sede das finais mundiais da Pro League do Rainbow Six, a Jeunesse Arena vem se consolidando como principal palco dos grandes torneios internacionais de games da cidade. No ano passado, recebeu oMid-Season Invitational, segundo campeonato mais importante do game League of Legends. - Estamos antenados com o mercado de games e a internet, tanto que o show do Whindersson Nunes, maior youtuber do Brasil, foi realizado na casa para cerca de 11 mil pessoas - observa Silvia Albuquerque, diretora do espaço. - Nosso objetivo é buscar novos eventos de eSports, pois este é um campo em expansão no país. Construída para receber competições dos Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007, e antiga sede de disputas como as finais do Novo Basquete Brasil (NBB), a Jeunesse Arena costuma sediar grandes eventos, como shows internacionais. Silvia destaca que esta expertise é um dos pontos que mais atraem os organizadores dos torneios de e-Sports. - Toda a parte logística e operacional não difere muito dos outros tipos de eventos com grande público, mas, no League of Legends, por exemplo, foi necessário remover parte das cadeiras retráteis para deixar a arena no formato desejado pelo organizador. Podemos adaptar o espaço a diferentes tipos de eventos, seja para um público de 300 ou 18 mil pessoas resume Silvia.