EN
07/01/2019 - Fonte: O Globo | Barra | BR

Temporada de grandes produções

Os espetáculos oferecidos na região ao longo do último ano, seja na forma de eletrizantes shows musicais ou de festivais com temáticas variadas, atraíram milhares de pessoas, que deixaram de lado o discurso "a Barra é longe" e lotaram seus espaços culturais. Locais como a Cidade das Artes e a Jeunesse Arena bateram recordes de público e ocupação. Em 2019, a cena vai se manter fervilhante, a julgar pela quantidade de espetáculos de vulto já programados. O GLOBO-Barra fez uma seleção entre o que está garantido. Famoso pelas apresentações grandiosas e de forte apelo visual, o Cirque du Soleil retorna à Barra em março para apresentar, na Jeunesse Arena, o espetáculo "Ovo", inédito no país. Encenada pela primeira vez no Canadá em 2009 â e vista de lá para cá por mais de cinco milhões de pessoas â, a produção traz 50 artistas de 14 países, incluindo quatro acrobatas brasileiros. O espetáculo dirigido pela coreografa Deborah Colker tem ainda muito mais de Brasil. "Ovo" é inspirado no caldeirão cultural do país, com muitas cores nos figurinos e nos cenários e uma trilha musical com ritmos como bossa nova, samba, xaxado e funk. Uma superprodução para contar a história de um inseto estrangeiro, portador de um ovo misterioso, que chega a uma nova comunidade provocando reações variadas nos moradores. A temporada barrense marcará a primeira vez em que a produção será encenada em uma arena (até então, "Ovo" era apresentado como um show de tenda). A novidade possibilitará estilizar o habitat de formigas, borboletas, cigarras, escaravelhos e outros bichos em escalas monumentais â a parede no fundo do palco mede 20m de largura por 9m de altura. A Jeunesse Arena teve em 2018 a maior taxa de ocupação de sua história: foram 205 dias de funcionamento, com espetáculos musicais e teatrais, eventos esportivos, corporativos e religiosos e formaturas. Os recordes de bilheteria foram registrados nos dois shows de despedida do Rappa, em abril. Equipamento que fechou 2018 com recordes de público (430 mil pessoas) e atrações (mais de 500), a Cidade das Artes receberá a outra superprodução já confirmada: "Peter Pan, o musical". A versão da Broadway para a fábula do menino que se recusava a crescer foi um dos grandes sucessos do teatro paulista no ano passado e chegará ao Rio em maio. São 29 atores em cena, acompanhados por uma orquestra com 17 músicos: â Não é uma franquia. Fizemos uma montagem nossa, mas com a grandiosidade que o espetáculo pede. Trouxemos os técnicos de efeitos especiais e voos da Broadway âadianta Renata Borges, produtora do musical, ressaltando que a versão brasileira foi considerada pelos americanos a melhor já feita no mundo.