EN
27/02/2018 - Fonte: Jeunesse Arena | O Globo Online | Música | BR

Show de despedida de Ozzy Osbourne é transferido para a Jeunesse Arena

Marcada para o dia 20 de maio, a apresentação de despedida de Ozzy Osbourne no Rio precisou ser redimensionada. Ela deixa de ser realizada na Apoteose, com capacidade para cerca de 30 mil pessoas, e passa para a Jeunesse Arena, na Barra, que pode receber até 18 mil pessoas. Segundo a T4F, produtora responsável pela "No more tours 2", a data e o horário (20h30) da apresentação estão mantidos, e não há necessidade de troca para os fãs que já haviam adquirido ingressos para o show de Ozzy. Além dos dois setores originalmente disponibilizados (pista comum, a R$ 350, e premium, R$ 680), a configuração da Jeunesse Arena possibilita a comercialização de outras quatro modalidades: cadeira inferior nível 1 central (R$ 350), cadeira inferior nível 1 lateral (R$ 380), cadeira superior nível 3 (R$ 280) e camarote (R$ 650). Os ingressos estão à venda no site "Tickets for Fun". Em sua última turnê mundial, o príncipe das trevas Ozzy passa ainda por São Paulo (13 de maio, no Allianz Parque), Curitiba (16 de maio, na Pedreira Paulo Leminski) e Belo Horizonte (18 de maio, na Esplanada do Mineirão). Recentemente, outro grande show internacional marcado para o Rio também precisou passar para uma casa menor. A banda canadense Arcade Fire, que originalmente tocaria na Jeunesse Arena, acabou se apresentando na Fundição Progresso, com capacidade para 5 mil pessoas. Na última quinta-feira, Phil Collins se apresentou no Maracanã para 42 mil pessoas (a capacidade total do estádio é de cerca de 66 mil). No domingo, as bandas americanas Foo Fighters e Queens of the Stone Age arrebanharam um público ainda mais modesto: levaram 30 mil pessoas para o Maracanã.